Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘TRABALHO’

OPORTUNIDADE COMO GANHAR DINHEIRO REVENDENDO COSMÉTICOS PROFIT NEMAWASHI

VEJA NESSE VÍDEO, QUAIS SÃO AS SUAS

FORMAS DE GANHOS

CONFIRA AQUI NO PRÓXIMO VÍDEO OS

MAIS DE 30 ANOS DE TRADIÇÃO DA

NEMAWASHI EM VENDAS PORTA A PORTA

Oportunidade de Negócio Próprio.

Imperdível Profit Nemawashi Cosméticos.Doutorzinho,Saude,Beleza e Bem Estar.

O relacionamento do DIP (Distribuidor Independente Profit) com a PROFIT MARKETING são regidos por normas de conduta às quais o DIP aceita e se compromete a cumprir fielmente para manter-se como nosso distribuidor independente, noutras palavras, aqui estão nossas, crenças, valores e visão de futuro

Read Full Post »

Eu Sou Geraldo Souza

Já revendo os Produtos da Nemawashi Há mais de 16 Anos

Eu Posso Te Ajudar,

Faça como eu Fiz… Acredite

Você é Meu Patrocinado.

Comece Agora.

ESCOLHA O SEU KIT INICIANTE PARA CADASTRO.

 

Read Full Post »

GANHAR DINHEIRO REVENDENDO DOUTORZINHO,BEM ESTAR,BELEZA,SAÚDE PROFIT NEMAWASHI

POR QUE PROFIT NEMAWASHI ??🤔

16 MOTIVOS PRA VC TRABALHAR COM A PROFIT

●Empresa Paga Em Tempo Real Através do PagSeguro.

●Paga Pelo Valor Bruto da Movimentação de Produtos.

●Aqui Não Tem Pegadinha de Pontuação.

●Lucro de Até 213% Na Venda Direta.

●O Plano Foi Desenvolvido Com Base Em Plano de Empresa Americana Direcionando 100% Para Retenção da Base. A Base Ganha Muito Dinheiro.

●30 Anos de Experiência  Nas Vendas Diretas da Marca Nemawashi.

●17 Anos de Experiência da Rede de Farmácias de Manipulação Nasi Botica.

●A Empresa Está No Pré Marketing Até 14 De Janeiro de 2018.

● Unilevel Mais Agressivo do Mundo.

●O Plano de Iniciação e Recompras Podem Ser Pago em Até 12× No Cartão.

●Ativação Por 30 Dias Corridos.

●Menor Ativação do Mercado.

●Graduação Válida Até o Final do Mês Seguinte.

●Sem Valor Mínimo de Compra.

●Sem Valor Mínimo de Saque.

●Líderes de Outras Empresas Estão Vindo Com Força Pra Profit Nemawashi.

PROGRESSÃO DE TITULARIDADES

 
 

Read Full Post »

  • VEJA SIMULAÇÃO , COMEÇA HOJE AS NOVAS REGRAS PARA PAGAMENTO MÍNIMO DO CARTÃO DE CRÉDITO.

Mudanças nas regras para o uso do rotativo do cartão de crédito começam a valer nesta segunda-feira (3). A partir de agora, os clientes terão restrições para fazer o pagamento mínimo da fatura e acessar o crédito rotativo. A determinação foi divulgada pelo Banco Central no dia 26 de janeiro. Diferente do que ocorria antes, quem optar por pagar o valor mínimo da fatura não poderá fazer essa opção por vários meses consecutivos.

A restrição foi criada para coibir o uso do rotativo e obrigar os bancos a oferecer uma solução de parcelamento para o cartão de crédito com juros mais baratos. A taxa de juro do rotativo encerrou 2016 em 484,6% ao ano, segundo dados do Banco Central, que considera a média de todas as instituições financeiras.

Como funcionou até agora?

Antes da mudança, para não ficar inadimplente, o consumidor precisava pagar ao menos 15% do valor da fatura de seu cartão de crédito (pagamento mínimo) até o vencimento da fatura. O restante da dívida ficava para o mês seguinte, sujeito aos juros do cartão considerados proibitivos.

No mês seguinte, o cliente receberia a fatura com o saldo da dívida do mês anterior acrescido dos juros. Se não conseguisse pagar o valor integral, ele poderia, então, fazer novamente o pagamento mínimo de 15%, no mesmo processo anterior, e assim sucessivamente. Daí surge a metáfora da “bola de neve” associada frequentemente ao uso do rotativo do cartão de crédito.

O que muda?

A partir desta segunda (3), o consumidor que não conseguir fazer o pagamento integral de sua fatura do cartão de crédito poderá fazer o pagamento mínimo de 15% apenas por um mês. Na fatura seguinte, ele não poderá repetir o processo, pois o banco é obrigado a oferecer uma linha de crédito para que o consumidor parcele a sua dívida.

O cliente negocia então um prazo e uma taxa de juros para pagar a pendência. Entre os grandes bancos brasileiros, quatro já anunciaram as taxas que vão ser oferecidas – todas menores que os atuais juros do cartão, variando de 0,99% a 9,99% ao mês.

Na prática, em vez de alongar indefinidamente sua dívida fazendo o pagamento mínimo da fatura por vários meses consecutivos, o cliente terá de assumir o financiamento de sua dívida com prazo determinado e juros menores.

É importante destacar que, pelas novas regras, o cliente ainda pode fazer o pagamento integral de sua dívida a qualquer momento, mesmo antes do vencimento da próxima parcela.

Na ponta do lápis

Com taxas menores, o valor final pago pelos consumidores ao fim do parcelamento acaba ficando mais baixo do que seriam com juros rotativos do cartão. No entanto, o cliente pode ficar sujeito a parcelas maiores do que pagaria caso fizesse o pagamento mínimo da fatura por vários meses.

O economista Samy Dana, colunista do G1, fez a simulação de uma dívida de R$ 1 mil paga em 1 ano. Pelo rotativo do cartão, considerando os juros médios de 4 grandes bancos do Brasil (16,4% ao mês), o cliente que optasse por pagar o valor mínimo da fatura por 11 meses arcaria com parcelas de R$ 134 a R$ 148. Pagando o saldo devedor restante de R$ 885,42 no 12º mês, a dívida de R$ 1 mil teria se tornado R$ 2.588.

Para comparação: considerando os juros médios já anunciados pelos bancos nas novas regras, a dívida final somaria R$ 1.872, com 12 parcelas iguais de R$ 143.

A simulação do G1 considera a média das taxas máximas informadas pelos bancos nas linhas de parcelamento.

 (Foto: Arte/G1)

O que dizem os especialistas

Marcos Crivelaro, especialista em finanças pessoais e professor da Fiap, avalia que as pessoas que têm o costume de, equivocadamente, “usar o rotativo do cartão de crédito como complemento do salário” podem sentir agora que “o estão privando dessa liberdade”. No entanto, o educador acredita que a nova regra defende o consumidor, já que o valor da dívida final é menor.

Crivelaro também estima que as novas regras inibam o descontrole financeiro. “Com rotativo o cartão, aquele ‘algo a mais’ que o salário não cobria estava sempre lá, pronto, pré-aprovado, sem burocracia”, descreve. “Agora, financiar a si mesmo vai dar trabalho”, diz ele sobre as negociações dos parcelamentos.

Para o economista Samy Dana, a solução encontrada pelos bancos ainda é uma opção de crédito cara e que deve ser evitada pelo brasileiro.

Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros e da DSOP, acredita que, apesar de o parcelamento a juros menores diminuírem o valor final da dívida, as novas condições não devem ter um impacto grande nos índices de inadimplência. “Se uma pessoa não consegue pagar o mínimo de 15%, também não vai conseguir pagar a parcela financiada.”

Para Domingos, a nova medida que permite financiar o valor total “não está dando nenhum tipo de benefício para o devedor”. “Essa dívida vai acabar se tornando objeto de negativação do nome desse consumidor.”

O que fazer?

Para quem já está endividado, os educadores financeiros recomendam a procura de crédito mais barato antes de ficar sujeitos aos juros do cartão de crédito, mesmo considerando as taxas mais baixas das novas regras. Entre os exemplos estão créditos pessoais a juros menores, como o consignado, além da procura do banco ou instituição financeira que ofereça as condições mais vantajosas para liquidar as pendências.

Além disso, a recomendação é prestar atenção ao orçamento familiar, identificando as despesas que podem ser cortadas para que os gastos não ultrapassem os ganhos. “Quando a gente fala em cortar gastos, a pessoa não consegue visualizar onde está gastando. Reduzir padrão é adequar a realidade do que eu ganho comparado com o que eu gasto. E eu não tenho como descobrir aonde está indo cada centavo do meu dinheiro se não fizer um acompanhamento minucioso”, ensina Domingos.

  • BANCO CENTRAL DO BRASIL
  • BANCO SANTANDER S.A.
  • BANCO DO BRASIL
  • BRADESCO
  • ITAÚ

FONTE

acesse-agora-3

 

Read Full Post »

APROVEITE PROMOÇÃO NATURA TOP 10 – 60%OFF NO SITE.CORRA É POR POUCO TEMPO

Visualizar na web
Natura REDE.NATURA.NET | CORPO | PERFUMARIA | MAQUIAGEM | TODOS OS PRODUTOS PROMOÇÕES
Espaço Rede Natura de GERALDO GONÇALVES DE SOUZA
Top 10 com até 60% OFF
Sinta na pele as delícias dos dias de verão
Tododia Lima e Flor de Laranjeira
Fórmulas e texturas criadas especialmente para nutrir, destacar e realçar o brilho natural da pele. Com fragrância suave e óleos 100% vegetais.
Ganhe
10% OFF
nesse lançamento
Utilize o cupom:TODODIALIMA
Combinação nutritiva duradoura

Desodorante Tonalizante Multibenefícios 200ml

Uniformiza o tom da pele, ilumina, e hidrata.

DE R$ 35,90
POR R$ 32,31

QUERO

Desodorante Tonalizante Multibenefícios Desodorante Hidratante Corporal Desodorante Hidratante
Corporal 400ml
Nutre e mantém a hidratação da pele, deixando-a macia e radiante.DE R$ 39,60
POR R$ 35,64QUERO
Sabonete em Barra Puro Vegetal

Caixa com 5 unidades de 90g cada.

DE R$ 17,40
POR R$ 15,66

QUERO

Sabonete em Barra Puro Vegetal Produto 4 Desodorante Colônia Spray Corporal Perfumado Feminino 200ml

Fragrância floral e refrescante.

DE R$ 54,90
POR R$ 49,41

QUERO

Linha Completa
Cupom aplicável apenas na linha Tododia Lima e Flor de Laranjeira. Válido 1x por CPF, até 18/12/2016.
Veja também: 5 novas cores do Batom Faces FPS 8
Quer ficar sempre por dentro das dicas e novidades da Natura?
Siga a gente nas Redes Sociais
Pinterest Twitter Instagram Facebook
Visite meu Espaço na Rede Natura e boas compras:
rede.natura.net/espaco/geraldosouza

Read Full Post »

O que Causa e Quais são as queixas mais freqüentes dos pacientes com DTM?

Nessa sessão, será possível encontrar perguntas e dúvidas frequentes acerca da especialidade da Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial. O intuito dessa sessão é prestar esclarecimentos sobre uma condição que ao longo dos anos tem aumentando tanto em prevalência quanto em severidade na população em geral: as disfunções temporomandibulares.

O que é a ATM?
A estrutura que liga a mandíbula (queixo) ao o crânio (têmpora) recebe o nome de Articulação Temporomandibular (ATM). Essa articulação é formada por diversas estruturas como tecidos ósseos, disco articular, músculos, ligamentos, cápsula articular, entre outras estruturas, apresentando um denso suprimento sanguíneo e nervoso. Além disso, é uma articulação bilateral que funciona como uma unidade única, ou seja, a articulação direita não pode mover-se independentemente da esquerda, e vice-versa.

ATM em função, estando em azul o disco articular (fonte: NETTER, F.H. Atlas de Anatomia Humana. 2ª. Edição. Porto Alegre: Editora Artmed, 1997).

ATM em função, estando em azul o disco articular (fonte: NETTER, F.H. Atlas de Anatomia Humana. 2ª. Edição. Porto Alegre: Editora Artmed, 1997).

Articulação Temporomandibular

Articulação Temporomandibular

O que é um problema de ATM?
Quando essa articulação não funciona direito, estalidos (cliques) e crepitações (barulho como se existisse areia nos ouvidos) são comuns, bem como dor. As ATMs também podem não se movimentar direito, causando limitação na abertura da boca.

O que é DTM?
DTM é a abreviatura de Disfunções Temporomandibulares. Como o próprio nome diz, as DTM são alterações funcionais, que comprometem a função mastigatória, a deglutição e a fala e que podem se apresentar na forma de varias alterações. Exemplo: você tem dor durante a abertura e fechamento da boca; você tem dificuldades na mastigação de determinados alimentos; você escuta barulhos de estalar na hora de abrir a boca. Essas alterações da função mandibular podem estar associadas a presença de dor. A dor durante a mastigação é um sintoma clássico de DTM, bem como a limitação de abertura da boca.

O que causa uma DTM?
A etiologia das DTM apresenta um caráter multifatorial, estando associada à hiperatividade muscular, trauma, estresse emocional, maloclusão, além de inúmeros outros fatores predisponentes, precipitantes ou perpetuantes dessa condição. Vários fatores podem causar uma DTM. Não existe uma causa comum a todas as DTM, mas o trauma pode ser o principal causador dessa alteração funcional. Uma associação de fatores (má oclusão, bruxismo, um desenvolvimento anormal das ATM, um trauma forte – acidente e tombos no qual ouve pancada no queixo ou na face, estresse, etc) podem causar ou manter uma DTM. Em virtude da complexidade etiológica e da variedade dos sinais e sintomas que podem, genericamente, também representar outras patologias, o reconhecimento e a diferenciação das disfunções temporomandibulares podem apresentar-se de forma não muito clara ao profissional

Quais são as queixas mais freqüentes dos pacientes com DTM?
– Ruídos articulares (estalidos e crepitações);
– Cansaço dos músculos que abrem e fecham a boca;
– Desvios mandibulares na abertura e fechamento da boca;
– Limitação para a abertura da boca;
– Travamentos de boca aberta ou fechada;
– Apertamento e rangimento dental diurno e/ou noturno;
– Dor em região pré-auricular, que se localiza próximo ao ouvido;
– Dor na própria articulação temporomandibular;
– Dor na cabeça, na face e no pescoço;
– Dor no ouvido (inclusive sensação de diminuição de audição ou zumbidos);
– Dor de dente e desgastes dentais.

Quais são as origens das dores orofaciais?
As dores orofaciais podem ter dois eixos de origem: um associado a condições físicas (dores somáticas ou neuropáticas) e outro associado a condições psicológicas.

Quando abro a boca escuto ruídos e barulhos nas minhas articulações. O que é isso?
Os ruídos da ATM são sinais de que alguma coisa não está funcionando direito. Esses ruídos podem ser resultado da falta de coordenação do movimento da mandíbula com o osso do crânio, ou de uma alteração degenerativa dessas estruturas.

Minhas dores de cabeça podem ser por causa de uma DTM?
As DTM não causam dores de cabeça. Uma alta proporção de pacientes com cefaléias apresenta sinais e sintomas de DTM, tendo uma comorbidade maior devido à presença de dor crônica por DTM, ou seja, essa cefaléia é mais forte e frequente em pacientes com DTM. Assim, evidências científicas demonstram que pacientes portadores de cefaléia, principalmente a cefaléia do tipo tensional, associadas a DTM, obtém maiores índices de melhoras quando tratados para DTM conjuntamente ao tratamento da cefaléia, tanto em curto como a longo prazo.

Algumas vezes bocejei ou realizei algum movimento e fiquei com a boca travada, sem conseguir fechar. Isso pode piorar?
O travamento em boca aberta, ou luxação da ATM, merece atenção especializada, principalmente quando ocorre de forma recorrente.

E o Bruxismo, o que é e como se trata?
O bruxismo do sono é uma desordem de movimentos estereotipados e periódicos, associados ao ranger e/ou apertar de dentes durante o sono. É uma condição de etiologia complexa, assim, tratamentos conservadores, pouco invasivos e seguros devem ser de primeira escolha. O correto diagnóstico é de grande valor para a elaboração de adequados planos de tratamento, que contemplam terapêuticas utilizando aparelhos e terapias orais, medidas farmacológicas e terapias comportamental-cognitivas, visando a devolver qualidade de vida ao paciente bruxômano.

O tratamento ortodôntico pode desencadear uma DTM?
Evidências científicas atuais significativas apontam para uma tendência de não associação do tratamento ortodôntico com as DTM. Porém, torna-se muito importante um adequado diagnóstico e criteriosa execução da terapia ortodôntica, de modo a se obter um posicionamento dentário de acordo com um bom funcionamento do sistema mastigatório. Além disso, é muito importante a realização antes do início do tratamento ortodôntico de uma avaliação completa acerca da presença de sinais e sintomas de DTM e dores orofaciais.

A Ortodontia é uma forma de tratamento para a DTM?
O tratamento ortodôntico é uma terapia que ocasiona uma alteração do padrão oclusal. Então, em um primeiro momento, deve-se optar por tratamentos de caráter conservador e pouco invasivo para o controle da dor e melhora da função em pacientes com DTM. Posteriormente, pode-se adotar terapias que alterem o padrão oclusal de forma definitiva, como a Ortodontia, reabilitações orais e o ajuste oclusal.

As DTM estão relacionadas a outras doenças? Elas podem ser confundidas com outras afecções?
Sim. Algumas doenças reumatológicas como artrite reumatóide, fibromialgia, espondilite anquilosante, entre outras, apresentem repercussões na ATM e merecem atenção do especialista em DTM e Dor Orofacial. Da mesma forma, muitas vezes os pacientes apresentam como queixa “dor de ouvido”, sendo que na realidade sua fonte de dor não é otorrinolaringológica e sim devido a problemas da ATM. Também, em algumas situações de cefaléias, principalmente a cefaléia do tipo tensional, quando é realizado um tratamento conjunto do neurologista com um especialista em DTM e Dor Orofacial, evidências científicas demonstram uma maior redução da sintomatologia. Assim, torna-se importante uma integração a especialidade da DTM e Dor Orofacial com as especialidades médicas da Otorrinolaringologia, Reumatologia e Neurologia.

Como posso saber se tenho uma DTM?
Se você apresentar dor nas articulações e/ou no rosto durante a mastigação, dificuldade ou algum ruído ao abrir ou movimentar a boca, é possível que você tenha uma DTM. Assim que possível, procure um cirurgião-dentista especialista em DTM e Dor Orofacial, que é o profissional mais capacitado no diagnóstico e tratamento das DTM e Dor Orofacial. O diagnóstico é realizado através de anamnese, exame clínico-físico e exames complementares de imagem. Os exames de imagens mais comumente utilizados são as radiografias panorâmicas e extrabucais convencionais, tomografias computadorizadas e as ressonâncias magnéticas. Algumas vezes outras modalidades de exame são requeridas como: artrografia, termografia, cintilografia e ultrassonografia.

Quais são as possibilidades terapêuticas para um paciente com DTM e Dor Orofacial?
As alternativas de tratamento sempre devem ser baseadas em evidências científicas e tratamentos conservadores e pouco invasivos são sempre a primeira escolha. Os tratamentos englobam a utilização de aparelhos orais, terapias farmacológicas, termoterapia, fisioterapia, microcorrente, laserterapia, infiltrações articulares, bloqueios musculares, viscossuplementação, e, procedimentos cirúrgicos como artrocentese, artroscopia e cirurgias da ATM. A educação e a conscientização do paciente acerca de seu problema é extremamente importante, assim técnicas comportamental-cognitivas funcionam como um adjuvante no tratamento. A atuação em uma equipe multidisciplinar envolvendo especialistas em DTM e Dor Orofacial, médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos e psicólogos muitas vezes é necessária.

fonte

Dr. Eduardo Machado
CRO-RS 16960

VOCÊ  TAMBÉM PODE GOSTAR  DE MÚSICAR PARA RELAXAR :

https://geraldomusicas.blogspot.com.br/2014/12/sia-david-guetta-titan:

Read Full Post »

COMO REVENDER COSMÉTICOS NEMAWASHI PORTA A PORTA , VÍDEO DO JÔ SOARES

APROVEITE O VÍDEO NO JÔ SOARES PARA CRESCER E GANHAR DINHEIRO

O GRANDE E  SIMPLES, APROVEITE O VÍDEO PARA CRESCER E GANHAR DINHEIRO

botão cadastre-se SETA ANIMADAS

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: